...mais

...mais empreendedor!

Porque queremos um Concelho Mais Empreendedor, a economia e o emprego estarão no centro da nossa decisão política. Assim, procederemos ao lançamento de uma incubadora de empresas na Ramada, e para combater a austeridade que nos é imposta, garantiremos uma redução fiscal progressiva.

Manteremos a isenção da Derrama, agora por um período de 5 anos, com a possibilidade de prorrogação por igual período, às empresas que instalem a sua sede social no Concelho de Odivelas, durante aquele período, e que, cumulativamente, criem novos postos de trabalho ou provem não terem reduzido o número de postos de trabalho relativamente ao ano anterior, como um contributo importante para dinamizar e fortalecer o tecido empresarial do concelho, como setor indispensável ao desenvolvimento sustentável do nosso território.

E para aliviar as famílias da carga fiscal procedemos à diminuição do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) a aplicar aos Prédios avaliados ao abrigo do CIMI para 0,375% (taxa máxima 0,5%), mantendo-se para os Prédios Urbanos 0,675% (taxa máxima 0,8%).

Ainda neste eixo, renovaremos a nossa missão de afirmar Odivelas no Roteiro Gastronómico e de Lazer.

Seremos empreendedores!”

...mais inclusivo!

Porque queremos um Concelho Mais Inclusivo, apostaremos mais uma vez na Educação, na Escola do Ser e na requalificação permanente do Parque Escolar - destacando-se a requalificação da Escola Maria Costa - e na Solidariedade e Inovação Social continuando a gerar mais vagas para a 3ª Idade, Deficiência e Crianças em risco.

Com o Orçamento para 2014, continuaremos a fornecer as refeições aos nossos alunos do 1º Ciclo e Jardins-de-Infância do ensino básico da rede pública, e manteremos a oferta dos livros escolares.

Potenciaremos uma Saúde mais acessível para todos, concluiremos o apoio às entidades que concorreram ao PARES e prepararemos apoios futuros para novos equipamentos sociais, designadamente as Florinhas da Rua e o Complexo Santa Teresinha. Operacionalizaremos um sistema de apoio de utentes vulneráveis nas novas USF e criaremos uma Loja Social Júnior na Póvoa de Santo Adrião.

Celebraremos, diariamente, a Cultura e o Desporto como pilares essenciais da cidadania e do desenvolvimento integral.

Seremos Inclusivos!”


...mais próximo!

Porque queremos um Concelho Mais Próximo, iremos aprofundar a Governação Eletrónica e a Cidadania, por forma a combatermos esse grande sinal de desencanto perante a política e pelos políticos que foi a abstenção, com o Projeto Ser Cidadão e a Assembleia Municipal Jovem.

Potenciaremos diariamente a Cultura, para a qual contribuirá a criação da Orquestra Municipal Jovem, em parceria com a Sociedade Musical e Desportiva de Caneças, e o Desporto como pilares essenciais da cidadania e do desenvolvimento integral.

O ano de 2014 será, ainda, o ano da reformulação dos Programas de Apoio Municipal ao Movimento Associativo, visando adaptá-los às novas realidades e adequando os apoios, para que o Desporto em Odivelas, e o associativismo em geral, que são exemplos de cidadania, contem com apoio municipal no desenvolvimento das suas atividades.

E será, também, o ano da abertura da nova Esquadra de Trânsito na Póvoa de Santo Adrião.

Seremos cada vez mais Próximos!”


...mais sustentável!

Porque queremos um Concelho Mais Sustentável, é objetivo central do Executivo Municipal fazer de Odivelas um concelho, em que o ordenamento do território, a reabilitação do património e dos espaços públicos, a par da preservação e recuperação das principais componentes ambientais, urbanas e culturais, sejam os vetores estratégicos do seu desenvolvimento.

Continuaremos, pois, a missão complexa do ordenamento do território, cuidando dos nossos Bairros, legalizando, rececionando e regenerando, com um orçamento que permite que o ano de 2014 seja, também, o ano da discussão pública e aprovação, pelos órgãos competentes, do novo PDM.

Procederemos à requalificação do Edificado de Interesse Municipal e rejuvenescimento das áreas envelhecidas, catapultando o Ambiente, a Energia e a Mobilidade para desígnios estruturantes neste mandato.

Ao nível dos investimentos previstos para 2014 assinalam-se, ainda, os projetos de reabilitação da Quinta do Espírito Santo, da Quinta das Águas Férreas e a construção do Centro Interpretativo das Águas de Caneças, na Fonte das Piçarras, intervenções que estão orçadas em 1.563.462,00€, no âmbito da candidatura apresentada pelo município e aprovada pelo IHRU.

Seremos Sustentáveis!”